Mídia e experiência musical

Responsáveis: Felipe Trotta, Júlia Silveira e Rafael Lage

NOTAS FINAIS (26/03/2013)

Ementa

O conceito de experiência musical. Música e sociedade: afetos, identidades, disputas. Festas e cerimônias. Rituais coletivos e escuta individual. A música e a organização do tempo. Música e compartilhamento de idéias e valores, pensamentos e ações. Música e políticas do cotidiano. Pontos de escuta e embates sociais.

Objetivo

Discutir os usos de música na sociedade, sobretudo aqueles articulados a experiências individuais e sociais.

Debates sobre música e afetividades, suas implicações simbólicas e a construção de memórias e identidades.

Dinâmica

Leituras de textos, análise de exemplos e debates em sala --> estudos de casos.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Calendário

30.11 - Apresentação

MÓDULO 1: Conceitos e teorias

07.12 - Rituais musicais. Leitura do texto Música, cultura e experiência, de John Blacking.

14.12 - Seminário "Música, festivais e mídia" - palestras e debates

evento integrado ao Festival Fora do Eixo

participação de Felipe Trotta e convidado(s).

21.12 - Música e tempo - música como uma forma de organização do tempo. Leitura do texto O som e o sentido, de José Miguel Wisnik. (ppt)

24.12 a 02.01 - RECESSO

04.01 - Música e corpo - dança, participação corporal. Leitura do texto de Ángel Quintero Rivera. Salsa, sabor y control. pp. 32-39.

11.01 - Música e territorialidades - o espaço e a música como vetor de geografias afetivas. Leitura do texto Ruas que cantam, de Micael Herschmann.

18.01 - Música e identidade. Identidade nacional, regional, cultural articulada à práticas musicais. Leitura do texto Notas sobre a indústria do entretenimento musical e identidade no Brasil, de Simone Sá (Revista Comunicação, Mídia e Consumo, v. 1 n. 2, ESPM-SP, 2004)

25.01 - Música e cibercultura: digitalização, nova indústria da música, copyleft, youtube, My Space, etc. Leitura do texto Mozart se torna artista autônomo, de Norbert Elias.

01.02 - PROVA 1: conceitos e teorias (interpretação dos textos estudados em aula, dos exemplos e dos debates). As aulas dos dias 21.12 e 04.01 serão fundamentais para a elaboração da prova (hehehe)

MÓDULO 2: estudos de caso

22.02 - Forró eletrônico e o caso de Aviões do Forró [leituras complementares: "Música popular, moral e sexualidade: reflexões sobre o forró contemporâneo", "Tradicional é na capital: a circulação do forró pé de serra no Recife" e "Som de cabra macho: sonoridade, nordestinidade e masculinidade no forró", de Felipe Trotta, disponíveis na seção textos]

01.03 - Michel Teló, Lucenzo e os fluxos musicais internacionais

08.03 - Bandas independentes: o caso do Macaco Bong

15.03 - Samba de raiz no século XXI: o Casuarina

22.03 - PROVA 2: análise criativa e livre de um caso surpresa a ser apresentado no momento da prova, articulando conceitos e teorias estudadas.