Semiologia da música

Terças-feiras, 18h - 21:30h

----------------------------------------

Ementa:

Este curso tem como objetivo discutir a construção do sentido através da música. Parte-se da ideia de que a música é uma forma de experiência social que narra e negocia pensamentos, valores e ações no mundo. Os modelos de análise semiológica da música fornecem subsídios para interpretar esses sentidos através do acionamento de competências, memórias, identidades e do reconhecimento de padrões sonoros. O curso irá abordar metodologias e produzir coletivamente análises e interpretações de repertórios variados.

-----------------------------------------

Dinâmica:

Leitura de textos, debates, apresentação de teorias e realização de exercícios em sala (experimentações)

-----------------------------------------

Avaliação:

Proposta: cada alunx, individualmente ou em grupo (melhor) irá realizar, durante todo o curso, uma análise semiológica de uma música em diversas etapas. As análises deverão ser feitas a partir de metodologias apresentadas (especialmente as desenvolvidas por Philip Tagg e Luiz Tatit) e, ao final, o alunx/grupo deverá apresentar uma síntese final de sua música.

Atenção: o grupo ou alunx estará, durante todo o curso, envolvido na interpretação da música escolhida. Não pode mudar de música no decorrer do processo. Recomenda-se a escolha de canção ou outro formato de música com letra (de preferência em idioma conhecido), para permitir a aplicação da metodologia de Luiz Tatit.

O trabalho final será apresentado em quatro etapas:

1 – mapeamento e segmentação da música

2 – análise musemática

3 – análise da relação letra-melodia

4 – consolidação da análise final.

A nota final será o resultado da apresentação em todas as etapas, consolidadas no seminário final. Será levada em consideração a apresentação do grupo/alunx em todas as etapas, assim como a pertinência da aplicação das metodologias estudadas (e/ou outras) à análise da música escolhida.

Assiduidade e pontualidade serão consideradas na consolidação da nota final.

-----------------------------------------

Cronograma das aulas:

[20.AGO] Apresentação do curso + a questão da repetição

[27.AGO] Competência musical e procedimentos de análise: mapeamento.

Texto indicado: Gino Stefani. "Uma teoria de competência musical". Revista Música e Cultura n. 2, Florianópolis: Abet, 2007. (disponível aqui)

[03.SET] Não haverá aula (Congresso Intercom)

[10.SET] Não haverá aula (Reunião CAPES)

[17.SET] Trabalho para nota 1: mapeamento

[24.SET] Metodologia de Philip Tagg : apresentação e discussão.

Texto indicado: Philip Tagg. Analisando a música popular. Revista Em Pauta, v.14 n.23, 2004.

[01.OUT] Identificação de musemas: o que e como procurar

[08.OUT] Identificação de musemas (preparação para análise)

[15.OUT] Não tem aula (Dia dos Professores)

[22.OUT] Não tem aula (Semana Acadêmica)

[29.OUT] Trabalho para nota 2: análise musemática (trazer ppt, doc ou video com os exemplos para entrega)

[05.NOV] Metodologia de Luiz Tatit: apresentação e discussão. Persona vocal.

Texto indicado: Luiz Tatit. "A arte de compor canções". Revista USP n. 111, 2016.

Leitura adicional: Luiz Tatit. (cap. 1) O cancionista, a composição de canções no Brasil, 1996 (disponível no Google books)

[12.NOV] Aspectos contextuais, sociais e afetivos da análise sobre voz, melodia e letra.

[19.NOV] NÃO TEM AULA PRESENCIAL --> Trabalho para nota 3: por email!!!! <semiologiadamusica2019@gmail.com>

- Enviar ppt, doc ou video com a análise da relação letra-melodia

[26.NOV] E quando tem imagem? (Semiologia da música no teatro, filmes e publicidade)

[03.DEZ] - Seminários finais

[10.DEZ] - Seminários finais